Viver bem é nossa arte ITF - International Taekwondo Federation

A Luta e o Ego

A Luta e o Ego

 Todos já devem ter ouvido o Sabum Nim falar sobre os motivos que devemos aprender a lutar. A luta deve vir do interesse em aprender a lidar com a adrenalina e o estresse que ela pode trazer. Um sentimento que todo artista marcial deve reconhecer e agir, mesmo sentindo adrenalina. A grande conquista é aprender a não “travar”, pois o medo, às vezes, paralisa. Reconhecer esse sentimento e dar a volta por cima é uma grande lição que se deve tirar. Assim, ficamos preparados para momentos na vida que não poderemos nos dar ao luxo de ficar paralisados, ou fugir, ou chorar. Aprender a reconhecer e dominar nossos sentimentos e emoções é uma grande lição, que talvez alguns mais desatentos poderiam não perceber no simples exercício da luta.

 Mas também gostaria de propor outra visão em relação à luta. Já falamos isso em algumas aulas de crianças, pois é onde temos o nosso maior foco em relação a comportamento.

E se víssemos a luta como se fosse o local e o momento de se trabalhar os 5 princípios do Taekwon-Do?

Cortesia: o respeito com o adversário antes, durante e depois, faz com que o jogo fique mais bonito. E no final, a sensação de bem estar é inconfundível.

Integridade: todos nós sabemos, bem no fundo, se fomos melhores ou piores que nosso oponente. Quando o resultado espelha essa realidade, ganha a integridade. E quando aceitamos a vitória ou a derrota com a cabeça erguida, ganha nossa evolução como ser humano.

Perseverança: um atleta cortês e íntegro e que consegue colocar sua perseverança e força de vontade em ação, tem tudo para mostrar a si mesmo os méritos de um trabalho bem feito. Quem é perseverante, não é só no momento da luta. O resultado aqui só vai refletir um trabalho feito anteriormente.

Auto-controle: 9 entre 10 alunos consideram o princípio mais difícil.  Portanto, o que mais deve ser trabalhado.

Espírito Indomável: há os que não sabem perder, mas há aqueles que não sabem ganhar. Acham que não podem, ou não conseguem, ou não merecem. Acreditar em si mesmo, mostrando para você e para o mundo todo seu potencial é uma dádiva.

 Em todos esses princípios, para melhorar, para mudar, para ir pra frente, teremos que usar da tão famosa e também tão mal falada “disciplina”.

 No final das contas, se a sua prioridade for ganhar a luta, quem ganha é o “ego”.  Se a prioridade for trabalhar os princípios, ganha o “EU”. E nesse caso, ganhar a luta é só conseqüência.

 Sandra Campos

Av. Cel. Joaquim Montenegro (canal 6), 420 - Ponta Praia - Santos - SP
Tel: 13 3324-5313 Whatsapp: 13 99201-5602
e-mail info@teyang.com.br